terça-feira, 8 de março de 2011

Tenho Twitter. Posso ser um analista de Redes Sociais?

Amigos.

Esse artigo é direcionado a ajudar essa nova "safra" de publicitários que está chegando ao mercado. Um pessoal com muita vontade, que tem no seu DNA a Internet, que passa 8,10h por dia conectado mas que ainda não está preparado para entrar no mercado e ter uma responsabilidade de gerir uma marca nas Redes Sociais e vou explicar o porquê.

Eu vejo muito da culpa desse despreparo das próprias faculdades e universidades. Uma vez vi um vídeo no YouTube do Danilo Gentili (CQC) falando da faculdade que ele fez de comunicação.

Danilo, fazendo uma brincadeira disse que ao perguntar ao seu professor quanto custava um comercial na TV o mesmo disse "Depende. Na TV Tupi uns 50 mil réis..." acho que as faculdades pararam no tempo igual a piada de Gentili.

Os alunos, tem entre 17 e 21 anos, apaixonados por Internet, passam 90% do seu tempo nas redes então porque as universidades não falam com eles sobre o poder da web para vendas!

Me assustou recentemente conversando com uma estudante ela me dizer: "sim, eu estou nas Redes Sociais. Tenho perfil no Twitter, Facebook, Orkut e escrevo o dia todo lá". A pergunta que eu fiz foi: "você já pensou em usar o seu Twitter para vender Coca-Cola?" E a resposta foi: "não, nunca tinha pensado nisso".

Como uma pessoa quer gerir uma marca nas redes se não tem na mente o básico que é vender o produto pela rede!!! Claro, tem muito mais do que venda, mas esse é o princípio básico de uma ação na rede é gerar receita a marca, certo?

Outro dia uma pessoa me mandou um link do seu Twitter e Blog pedindo para eu analisar, para ver se ele estava preparado para concorrer uma vaga de assistente de mídias sociais de uma agência de médio porte.

Li várias mensagens como "galera, tô no Mc. O que vocês sugerem para mim comer", sim, MIM comer, ou "estou na casa da namo. Dá hora aqui". Legal, a SUA Rede Social é sua e você posta o que deseja, mas o que tenho visto e ficado com certo medo é o quanto essas pessoas dizem conhecer e estar preparadas para gerir marcas nas Redes porque tem uma conta no Twitter ou porque sabem jogar Máfia Wars no Facebook.

Pessoal, vamos além disso!
Marcas de carros tem um pátio com 2 mil carros estocados esperando que o seu Tweet mova o consumidor até a concessionária mais próxima. A Coca-Cola tem 23 milhões de pessoas em seu Facebook não atoa. Não achem que qualquer marca será o Charlie Sheen que consegue 1,2 milhões de seguidores no Twitter em 2 dias.

Sem querer fazer muito jabá, mas já fazendo, a Pós de Marketing Digital da FIT tem o objetivo de preparar esse pessoal para esse desafio. Como um tweet pode mover o consumidor até o ponto de venda ou mesmo até a loja virtual de uma marca?

Em resumo, pessoal, você que está começando na profissão e quer se dedicar as Redes Sociais estude, mas estude muito! Leia o André Telles, Martha Gabriel, Conrado Vaz, Claudio Torres, Julio Ribeiro, Philip Kotler. Aliás, devore as obras desses mestres. Estude muito, veja o que deu errado ou certo nas redes, estude muito e cheguem preparados as entrevistas.

Dizer "eu tenho Orkut e posso cuidar de uma marca nas redes" é MUITO PERIGOSO. Soube recentemente de um caso desses, uma pessoa que dizia saber tudo de Redes Sociais e na primeira semana fez tanta besteira que foi mandada embora porque 3 frases dela no Twitter da empresa quase causaram o famoso #fail, pois além da pessoa escrever como se estivesse escrevendo no seu Twitter quis parecer dona da verdade. Redes Sociais são RELACIONAMENTOS e isso só ocorre com respeito entre as partes e quando um fala o outro ouve, responde e vice-versa.

Já está a venda o meu livro PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL (Ed. Brasport). Adquira já o seu.

Abraços
Felipe Morais
@plannerfelipe

Marcadores: , , , , , , , ,

7 Comentários:

Às 10 de março de 2011 06:21 , Blogger Ricardo disse...

Parabéns pelo post. É um tema que deve ser muito debatido, pois a grande maioria dos usuários das mídias sociais transforma esta incrível oportunidade em meros diários online. São estes os profissionais que dominarão o marketing digital? Sabem eles o tamanho do potencial dessas ferramentas?

 
Às 11 de março de 2011 08:35 , OpenID patitagil disse...

Parabénsss Felipe, também achei um excelente post!
Como eu comecei no mercado de web faço a mesma análise, quantos jovens e iniciantes da área me faziam perguntas de como ingressar na área, qual era a rotina e o que podia se esperar e se precisava e dedicar muito em estudos..., quando eu refazia a pergunta para o mesmo as respostas eram e são 'ainda' assustadoras, web é uma área fácil, fiz o site do meu tio, primo, amigo, só vou trabalhar com internet e vou ganhar muito dinheiro. E sabemos que a realidade é bem diferente, seja web, redes sociais, impressos, enfim, design, etc.., Comunicação é uma área super trabalhosa, onde requer muito esforço, interesse, conhecimento, estudo e técnicas, não e brincadeira e muito menos uma modinha. Quantos jovens torcem a cara quando são obrigados a lerem algum livro, os comentários são: como assim, sou da área de internet, existe o google, acesso algum site do exterior traduzo no google ou qualquer outra ferramenta e sou expert no assunto. Cada vez mais profissionais saem muito despreparados para o mercado de trabalho, com uma visão muito imatura, sem foco e as vezes sem o menor interesse de se esforçar e continuar aprendendo, pois estamos sujeitos a isto, cada dia é um aprendizado novo.
Hoje mesmo li um post resumindo que redes sociais são: twitter, facebook e orkut que é só criar um perfil de uma empresa X nestas mídias e você já está criando uma campanha... o.O

 
Às 16 de março de 2011 10:26 , Anonymous Marina disse...

Também acho que o tema deve ser melhor estudado e debatido. Acabo de me formar em Publicidade, tenho trabalho em redes sociais e participo de um site, mas tudo o que aprendi foi por ter estudado muito e, claro, longe da faculdade. A grade para esse assunto ainda é muito amadora. Não tive base o suficiente por parte dos professores (que nem sempre estão atualizados - e não estou generalizando) e também tive bastante dificuldade para começar a estudar sobre o assunto, já que hoje, todo mundo sabe de tudo! Mas também, do outro lado - o dos alunos - não há grandes interesses em estudar. Só porque alguns estão conectados acham que é simples alavancar vendas e gerar resultados e acessos no site. É preciso conhecimento e vontade antes de tudo. Mas vai tentar explicar isso...
A faculdade parou, mas acho que essa geração nova (que todos esperam grandes mudanças) é mimada demais pra botar a mão na massa de verdade. Acho que a culpa é das duas partes.

 
Às 16 de março de 2011 12:44 , Blogger Taína disse...

Felipe, interessante o post, mas engraçado que esta semana vivenciei uma cena agradável, dois amigos realizaram uma palestra sobre social media - pessoal e profissional numa faculdade - cerca de 200 alunos participaram e percebi que muitos alunos estavam completamente boiando...era um novo mundo.. como pode? num curso de publicidade? A dica é estudar muito e seguir no twitter quem manja do assunto!

Bj
@tainasena

 
Às 16 de março de 2011 12:46 , Anonymous Vicky disse...

O grande problema é quando as próprias faculdades ate dispõem desse conteúdo, mas não tem profissionais qualificados para dar aulas no assunto. Sou formada em ADM, mas acabei partindo na área de Midias Sociais e por isso, resolvi fazer faculdade de publicidade para entender melhor o mercado. Tive um semestre dedicado a web totalmente dispensável, a ponto de discutir em sala com o professor sobre um determinado assunto. Acho uma pena que o setor esteja crescendo tanto no país e faltam tantos profissionais capacitados para a função.

 
Às 17 de março de 2011 15:23 , Blogger Rafael disse...

Parabéns Felipe...Infelizmente as pessoas acham que somente usando, postando, tuitando, tendo sua foto exposta para toda e qualquer pessoa, já é o suficiente para dizer que sabe usar. Porém vai muito além, não só relacionada as tantas mídias que temos, mas em tudo na nossa vida. Não é porque temos consciência do que ser e sabemos usar 1% de sua capacidade, quer dizer que temos o conhecimento para fazer renda com isso. Tem toda a parte técnica necessário, todo um estudo, todo o preparo e linguagem coloquial. Uma coisa é usar para divertimento, outra é instrumento de trabalho. Parabéns..

aloha

Rafael

 
Às 21 de março de 2011 14:04 , Anonymous Mauricio disse...

Realmente, grande parte das faculdades não preparam os futuros profissionais para atuar no mundo digital, e realmente, grande parte dos estudantes não fazem ideia de gerir uma marca nas redes sociais.
Há muito trabalho atrás de um perfil de uma marca (pelo menos se espera), desde entender o espírito e os valores da marca, análise do cenário, até o estudo da audiência, do target.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial