sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Mercado do celular no Brasil

Amigos.

Não é de hoje que acompanhamos o alto crescimento do mercado de celulares no Brasil, em 2006 passamos dos 100 milhões de aparelhos, o que foi muito comemorado no país, mas hoje, 4 anos depois, vivemos uma outra realidade.

Se desde o seu lançamento até 2006, 100 milhões de aparelhos estavam funcionando (linhas habilitadas) de 2006 a 2011 veremos esse número dobrar!!!

Você conhece alguém que não tenha celular?
Dificilmente alguém responderá que sim, e há uma grande chance dessa pessoa que você conheça ser da classe baixa, diria classe DE, pois na classe AB o número de pessoas sem o aparelho é baixíssimo! Talvez as pessoas acima dos 60 anos.

Para profissionais de PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL esse começa a ser um dado muito interessante, pois nós, temos que sempre pensar no conceito de Presença Digital da marca, onde o mobile é um dos pilares mais importantes, ao lado de Redes Sociais e Buscadores na busca pelo consumidor de nossos produtos.

Além dessa busca, nós profissionais da área, devemos entender a cabeça do consumidor e como ele interage com as mídias e ferramentas, entender que hoje a pessoa sai de casa sem a carteira, guarda-chuva, blusa de frio, mas nunca sem o celular, aliás, carteira tende a "morrer" em breve com o crescimento do pagamento pelo celular que deve funcionar como cartão de crédito e débito.

O Banco do Brasil já tem uma tecnologia que você saca dinheiro nos terminais do banco sem uso do cartão!!! O que mais será inventado? Vamos ver isso com o tempo!

Mas voltando aos dias de hoje, são aproximadamente 189 milhões de pessoas no Brasil para 185 milhões de aparelhos habilitados. Entende-se que há a sobreposição, onde uma mesma pessoa possui 2 ou 3 celulares - com o crescimento da Nextel então, é fácil ver uma pessoa com um celular na mão e o rádio da Nextel - considerado celular, claro - na outra.

A expectativa do mercado é que 2010 feche com aproximadamente 190 milhões de aparelhos, mas ainda não chegará ao número da população que deve chegar a 191 milhões, mas em 2011, os aparelhos celulares (rádios, smartphones, celulares normais, iPhones) devem passar o número de habitantes no país.

Eu acredito que isso deva ocorrer no máximo até o Dia das Mães, 2a época que mais se vende o aparelho no Brasil (1a é o Natal).

Segundo um dos principais sites do mercado de mobile marketing no Brasil, o Mopilepedia, hoje o país tem 924 aparelhos por 1.000 habitantes, mas ainda sim está atrás da Argentina e Chile que passam dos 1.000 aparelhos por 1.000 habitantes, mas o Brasil chega lá em pouco tempo.

Além disso, o site ainda apresenta estudos de uso da web no celular, onde para cada 1.000 habitantes, 365 tem acesso a web via celular, o que representa 16,3% da base de usuários de celular assinantes do serviço (internet no aparelho), por "feeling" podemos prever que 100% da base de Smartphones tem esse serviço, mas ainda a penetração desse aparelho é baixa, não atingindo 7% do número de celulares ativos no país.

Fonte: http://www.mobilepedia.com.br/noticias/numero-de-celulares-no-brasil-deve-ser-maior-do-que-o-de-habitantes-em-2011

Já está a venda o meu livro de PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL (Ed Brasport) Adquira já o seu!

Participe da 1a rede para Planners Digitais

Abraços e bom final de semana
Felipe Morais
@plannerfelipe

Marcadores: , , , , , ,

1 Comentários:

Às 20 de setembro de 2010 11:03 , Blogger Karina Guimarães disse...

MOBILE PEDIA foi do meu(não sei se seu também) MESTRE da MBA "Marcelo Castelo".
TUDO de bom!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial