sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

As impressões do GP

+Amigos.

Depois da série de divulgações de cursos, estou voltando aos posts focados no mercado de comunicação e marketing digital.

O post de hoje não tem muito a ver com digital, mas sim com o processo de planejamento estratégico, digamos, "global', pois pode ser usado no pensamento digital e no pensamento offline também.

Eu participo de um grupo, formando pelo brilhante planner Anderson Sales, onde a meta é trocar informações sobre planejamento puro e simples. Interessados é só mandar um e-mail para http://groups.google.com/group/planejamentodigital?hl=pt-BR e participar.

A iniciativa de Sales é excelente e sempre que posso contribuo com algumas coisas que publico aqui no Blog, porém, hoje ocorre o inverso.

Sales esteve na conferência do Grupo de Planejamento no último dia 29.11. Infelizmente não pude ir, mas Sales publicou no grupo algumas frases altamente interessantes dos grandes nomes que estiveram na conferência do GP palestrando; além disso, há alguns depoimentos de pessoas que acompanharam o evento pelo Twitter.

Estou aqui replicando o e-mail que Sales compatilhou com o grupo:

Graziela di Giorgio (Grupo Consultores) @grgiorgi
@aureliosinti: a tendência da disciplina nas agências é a busca por maior eficácia e entendimento do negócio das marcas. #GP10

@luizfelipecrb: O critério q mais caiu em relevância pros anunciante foi a oferta de serviços integrados #GP10

Uli Zamboni (SantaClara) @ulizamboni
“O planejamento não pode ser egóico. A agência é de comunicação. Não de planejamento ou criação.”

“O problema não é trabalhar, mas pagar pelo trabalho.”
Jurandir Craveiro (NBS) @juracraveiro

“O planejamento se afastou da criação e ficou mais do lado de business.”

“Os planners tem tantos job descriptions diferentes que não fazem mais seu papel.”

“A mídia é o patinho feio da agência há uns 40 anos, embora seja de onde saia o dinheiro.”

@pedrinhofonseca: Eu só consigo me concentrar nas meias do @juracraveiro. Desculpa. #gp10

@franciscochamps: Virei fã do @juracraveiro (600 membros) #gp10

Tiago Pinto (Nike)
“Se não fizer o PowerPoint, não tem comercial de 30 segundos na Globo.”

“Quem entende mais do produto tem que trabalhar na empresa. Agência tem que entender de comunicação.”

@imulholland: Na real: Entender do negocio não significa fazer apresentação do cliente #GP10
Eduardo Lima (CCSP, F/Nazca)

“Quando recebemos o briefing estamos no meio de um matagal, e o planner tem que ser o cara que vai pegar o facão e abrir uma trilha na mata pro pessoal da criação.”

“Engole o choro, senta a bunda na cadeira e trabalha.”

“Não sei que tanto trabalho é esse que o planejamento tem.”

@juracraveiro: Quando a prepotência de um se une à arrogância de outro, não há planejamento que resolva #gp10

@andreforesti: Acabamos de descobrir porque o Planejamento tem um Grupo de Planejamento e a Criação um Clube. #gp10

@JuliaGil: Tdo mundo dizendo pra trabalhar junto. Pedindo mais sinergia. E ai vem esse discurso de engole o choro e faz o que tem que fazer?? #GP10

Clóvis de Barros (USP) @clovisdebarros
“Oposta ao jornalismo, a publicidade é talvez a menos cínica das formas de comunicação. Publicidade é um olhar, um ponto de vista com uma finalidade: a compra.”

“Pra ter uma alegria genuina é preciso assumir o risco de uma tristeza genuína.”

@igorsaraiva: #gp10 Um planejador deve abrir mão dos seus valores e vestir-se dos valores dos consumidores

“Ter um projeto pessoal é indispensável para eu contratar alguém.”

“O Brasil é o único país em que planners mulheres ganham mais que homens.”

“Inovar pressupõe errar. Erre, mas escolha os seus erros.”

“Dois ‘oh shit’ pensam melhor do que um.”Carla Sá (NBS)

“Só os loucos apaixonados fazem a diferença.“

“Consumidor não quer saber de marcas, ele quer produtos e serviços que melhorem a vida deles.”

“Em agência se trabalha muito mas se conversa pouco. Se fala somente sobre o job e não sobre a vida, a rua, as pessoas.”

“Entender o negocio é coisa do cliente, a gente tem que imergir para validar e somar. Não dá para saber tudo.”

“Planejadores são catalisadores do processo de criação, provocando e estimulando os criativos, os clientes, os consumidores.”Mari Zampol (Talent)

“Planejador: não tenha medo, você também é criativo.”

“Não tenha metodologias e sim processos. Um é engessado, o outro é orgânico.”

“Pior do que copiar é se repetir.”Alejandro Pinedo (Interbrand)

“Foco em veiculação faz perder a estratégia e a isenção.”

“Se uma agência pensa apenas na mídia (verba), ela está fadada a se dar mal. A agência deve pensar no que é melhor para marca.”

“Sou contra cada um no seu quadrado. Temos que saber trabalhar juntos.”

“Uma marca não é só uma logomarca. São relacionamentos em diversos pontos de contato.”

“O termo anunciante deprecia o cliente. Ele é muito mais do que isso.”

“Temos que parar de fazer branding e focar na relação das marcas com os clientes.”

“Qual é o seu propósito, marca? Veja o que os concorrentes fazem, mas não se esqueça de olhar pra dentro.”

“O bom pediatra é aquele que cuida dos pais, sem atrapalhar os filhos.”Ana Couto (Ana Couto Branding & Design) @anacoutobd

“Estamos saindo do modelo de marcas que emocionam para marcas que fazem.”

“Respeito ao consumidor também é branding.”

“Não trabalho mais projetos de Branding quando o CEO não está envolvido.”Nélio Bilates

“Nós estamos muito covardes. A coragem é a maior virtude do ser humano, todas as outras virtudes dependem dela.”

“Como uma pessoa pode ter fluxo se ela segura ate o xixi?”

“Gestor precisa de coisas e ferramentas para controlar processos, líder precisa de inspiração para controlar emoções.”

“Emiéssanês não! Levanta da porra da cadeira e vai dar parabéns pro cara.”

“Ou você escolhe ser vítima ou você escolhe ser protagonista. Culpa é para as vítimas. Aprendizado é para os protagonistas.”

“Coach é dar apoio. Liderança é fazer as coisas acontecerem sem interferir diretamente nelas.”

“Todas as pessoas podem ser lideres.”

“O fracasso é importante para todos nós.”

@cataotonica: Resumo dos ultimos aprendizados: O lider precisa ser corajoso e não pode prender o xixi pq quem prende xixi é covarde #gp10

Gil Giardelli (mundo.com) @gilgiardelli
“Proibir redes sociais na sua empresa é o mesmo que proibir o telefone nos anos 70, fax nos 80, email nos 90.”

“A moeda do séc. XXI é a reputação.”

“O Twitter é o pulso do tempo real. O Google é o retrovisor.”

“A W+K não funciona mais no modelo das duplas. Todos participam do processo criativo, não-linear. É assim que solucionamos problemas.”

“Strategy = brand message + brand behavior”

“O que se espera de um bom planner? Que tenha a capacidade de ir atrás e que faça acontecer.”

“Look for the cultural opportunity. Brands that influence culture sell more.”

“Planners are the engine for cultural opportunities.”

“Planners know best what’s hapenning in culture and have the power to change it.”

“As agências têm que pensar não no que a marca irá dizer, mas em como ela irá se comportar.”


Já está a venda o meu livro PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL (Ed. Brasport). Adquira já o seu!

Abraços e bom final de semana
Felipe Morais
@plannerfelipe

Marcadores: , , , , , ,

3 Comentários:

Às 10 de dezembro de 2010 20:39 , Blogger Tatiii Almeida disse...

Eu fiz marketing, e to me formando em redação na miami ad school. 2 anos de sofrimento, mas de uito aprendizado. Não é só planejamento e criação, é atendimento, é o marketing, pq é terrível esta guerra de posições, parece que a galera esquece que td mundo trabalha comunicação. E o marketeiro tem que abaixar a crista, pq a linguagem do publicitário é completamente diferente. E infelizmente a gente não aprende a ter critério publicitário em faculdade ou pós de marketing, não é preguiça, é falta de acesso.

 
Às 10 de dezembro de 2010 20:52 , Blogger Tatiii Almeida disse...

Eu fui no GP10, eu gosto de Planejamento. Eu fiz criação para entender melhor a publicidade, afinal são 2 anos de imersão, e toda vez que a gente tinha que fazer o briefing criativo, eu amava.
O que eu reparei da galera da criação, é que eles esperam mais do planejamento, eles querem insights, um briefing que dê uma pista de para onde ir, eles querem um direcionamento, e não trocentas mil coisas que eles não vão usar. Eu acho que é por isso que tem esta "briga", o planner pode acreditar que está fazendo muito, mas não está entregando o que a criação precisa para trabalhar com mais eficiência.
Eu não trabalho em agência, esta é a opinião que eu tive falando com os criativos da Miami. Sei que quando eles vão para agências maiores, às vezes a história muda.

 
Às 10 de dezembro de 2010 21:16 , Blogger Tatiii Almeida disse...

E valeu, vc colocou uns twitts meus. Uma correção, quem falou:
Planejador: Nao tenha medo, você também eh criativo. #gp10
foi a Mari Zampol (Mariângela Zampol, planejadora e diretora da CO.R Inovação)

e ela falou outra boa também:
"O compromisso do planner é transformar"
(e nisto eu concordo 100%, é aonde se encaixa tudo aquilo que comentei sobre o briefing que chega na criação, vcs tem o poder de fazer a criação trabalhar melhor, usem! O consumidor vai ver o trabalho da criação na rua, não a estratégia, a criação é a voz do planejamento, tem que usar mais.)

O Clóvis só falou sobre ética.
O Nélio Bilate falou sobre Liderança, a frase do xixi é dele.
O Jaime Troiano e Fernando Jucá (ambos da Troiano) trouxeram este propósito de marca, com a pergunta "Se sua organização deixasse de existir, o que o mundo perderia?", é daqui que vem a resposta p/ propósito de marca.

E os dados falando que no brasil, a mulher no planejamento ganha mais (foi a Heather Lefevre, que fez o "The planner survey" http://www.slideshare.net/hklefevre/the-planner-survey-2010

Espero que eu tenha te ajudado. Parabéns pelo post, deve ter dado uma trabalheira caçar estes twitts.

Abraço,
Tatiii Almeida

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial