segunda-feira, 7 de junho de 2010

E o Formspring?

Amigos.

Semana passada finalizei as minhas impressões sobre o FNEC, Fórum Nacional de E-commerce. Foi um evento muito bom, realizado pela Arteccom que fiz questão de passar a vocês. Já estou ansioso para o próximo.

Por falar em Arteccom, editora das revistas TI Inside e Webdesign, a edição desse mês da Webdesgin tem uma entrevista de 7 páginas sobre Planejamento Estratégico Digital comigo, que acredito ser interessante para vocês lerem, eu fiquei muito feliz com o resultado.

Bom, acredito que a maioria de vocês já sabe o que é o Formspring certo? Talvez muitos tenham lido sobre a rede, tenham acessado mas não estejam inscritos no veículo.
Eu por exemplo, estou lá: http://www.formspring.me/felipemorais

Formspring.me é uma rede social que permite que os usuários recebam perguntas de outros usuários ou de pessoas não cadastradas. As perguntas são enviadas para a caixa de entrada, de onde o usuário pode escolher entre respondê-las ou excluí-las. Todas as respostas são armazenadas no perfil do usuário, onde qualquer um pode vê-las. (Definição da Wikipedia)

Segundo dados do mercado, o Brasil possui 4 milhões de usuários, tornando o país o 2o que mais acessa o site em todo o planeta. Mais uma prova de que somos apaixonados por Redes Sociais, pois todas que surgem o brasileiro testa, gosta e mantém relacionamento.

Um outro dado importante a ser analisado, é que cada vez mais o consumidor online quer participar, perguntar, questionar, conversar. O Formspring nada mais é do que uma rede onde uma pessoa pergunta e outra responde. Isso pode ser feito por milhares de redes, inclusive o Twitter, mas não, as pessoas usam essa rede específica apenas para isso. É um comportamento, que nós, profissionais de planejamento estratégico digital devemos entender.

Será uma evolução do e-mail?
Talvez!

Quando digo em minhas palestras que as pessoas não usam mais e-mail, o choque é geral, mas ai explico que nós - geração Y - usamos, mas a geração X e que dirá a Z não usará mais, cito o exemplo de 2 primos que só tem Gmail por causa do Orkut e GTalk, eles se relacionam via Orkut, Facebook, MSN, SMS. Respostas mais rápidas. Eles podem até usar, mas com uma intensidade muito menor.

Não acredito que as Redes Sociais vão matar o e-mail, ele ainda será importante, mas elas vão dar uma outra dinâmica a comunicação, que o e-mail não dá. As vezes você manda um e-mail e por algum motivo esse não chega ao destino. Um Scrap no Orkut, você manda e você vê que o seu amigo ou amiga recebeu.

Se a geração Y, que somos os nativos digitais, aqueles que cresceram com a web não querem perder tempo, o que dirá a geração X que nasceu com a web consolidada e acostumada ao "real time" tudo para agora, nesse momento, já!!!

O lado bom disso é que as marcas já começam a abrir os olhos para essa ferramenta.
Ao lado de Romeo Busarello da Tecnisa, João Carlos Ciacco na Fiat é outro desbravador e profundo defensor sobre web, a Fiat é uma das marcas que mais investem no meio - ao menos no segmento automobilistico é a que mais investe - e com isso gera resultados para a marca, como o recente caso do Fiat Mio (artigo que escrevi e em breve será publicado pelo site ResultsOn)

Segundo o site Mundo do Marketing, a Fiat fez uma ação de lançamento do Fiat Uno usando o Formspring como plataforma de comunicação e relacionamento da marca com seus potenciais consumidores.

Tirando o fato de um babaca da Agência Espalhe (focada em marketing de guerrilha) ter feito uma piadinha com relação a uma pergunta sobre o porque a Fiat não faria um Uno rosa (o babaca disse que a Fiat não faria carro para São Paulinos, espero que tenha sido demitido para não manchar a imagem da Espalhe que é uma das grandes agências do país) a ação foi um sucesso com mais de 7 mil interações, superando as expectativas da marca,que era de 3 mil.

A Fiat desejava responder a todas as questões em até 24h, mas com a forte interação dos usuários, a Fiat foi "obrigada" a extender o prazo para conseguir atender a todo mundo, isso que eu gosto, particularmente de ver, quando o anunciante pensa em uma ação e de repente a resposta é tão grande que ele precisa se reprogramar (e as vezes investir mais dinheiro) para não perder o sucesso da ação, além claro, desse case virar benchmark para outros anunciantes, que podem começar a enxergar que web vai além do banner na home do UOL.

Nós, profissionais de planejamento estratégico digital, temos a cada dia conhecer mais sobre essas ferramentas, como o usuário interage e como elas podem ser benéficas a marca; não sei se essa ação da Fiat por exemplo, saiu da Fiat, da Agência Click (que detém a conta online da marca), da LeoBurnett (que detém a conta offline) ou se foi mesmo da Espalhe, mas a equipe está de parabéns pela ousadia, inovação e claro, resultados.

Já está a venda o meu livro PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL (Ed. Brasport). Adquira já o seu!

Participe da 1a rede para Planners Digitais do Brasil

Abraços
Felipe Morais
@plannerfelipe

Marcadores: , , , , ,

1 Comentários:

Às 8 de junho de 2010 06:07 , Blogger Felipe Melo disse...

Bacana, Felipe. Pra uso próprio, o Forms não me interessa muito, mas também creio que, bem aplicado aos negócios, ele pode gerar grandes resultados.
Tip: Acho que você deveria mudar o layout do seu blog, por ser um planner tão dinâmico, ele deveria ter mais a sua cara!

Abração!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial