segunda-feira, 11 de junho de 2012

Estamos tratando bem nossos clientes?


Amigos

Antes de começar a ler esse artigo pare e pense: você como um(a) consumidor(a), está sendo bem tratado pelas marcas que consome? Pense sinceramente. Acredito que na maioria dos casos, você não está sendo bem tratado pela marca que você gosta, confia, usa e defende, mas fique calmo(a) isso não é pessoal e sim um movimento mundial das marcas em menosprezar aqueles que as financiam. Mas a tendência é que isso mude. E rápido.

Tenho um amigo, Marcelo Myiashita que é um dos grandes nomes do marketing de relacionamento no Brasil. Ele me chamou para dar aula na sua escola e por isso comecei a estudar mais esse conceito de relacionamento e como isso tem movimentado as Redes Sociais, o grande canal de comunicação do consumidor nos dias atuais.

As marcas, querendo ou não, são mais de 950 milhões de pessoas cadastradas na rede no mundo todo, no Brasil, passamos dos 40 milhões, já somos o 2º país com mais cadastrados na rede e a tendência é apenas aumentar.Isso para ficar apenas no Facebook e “deixar” de lado Twitter, Blog, Orkut, Sonico entre outras. Ficar fora da rede é uma opção da marca – erradamente na minha humilde opinião - mas que fique claro que isso não vai impedir das pessoas falarem bem ou mal da sua marca, independentemente do tamanho dela. E uma coisa eu garanto: essa marca vai perder vendas.

Relacionamento nas Redes Sociais é o que gera vendas. Não adianta fazer um Tweet promocional e achar que milhares de pessoas virão. Se relaciona, se conversa, se interage. Depois se vende para o consumidor. Quem fizer o contrário, vai começar com o pé errado. Redes Sociais dão resultado sim, basta saber fazer, ou vocês acham que a Tecnisa fatura o que fatura vendendo apartamentos pela Internet usando apenas banner em portal? Não! Eles se relacionam, conversam, buscam o que as pessoas estão falando, trazem para o seu “mundo” e resolvem. Por isso é sempre um case citado em meus artigos. Estão a anos luz de muitas marcas.

Em minhas aulas gosto de mostrar um dado interessante: 70% das pessoas gostam quando as pessoas curtem seus posts. Isso nada mais é do que deixar a pessoa feliz por que você se importa com o que ela disse. Será que é por isso que o Pinguim (marca do Ponto Frio) curte a piada que você conta? Por isso que a marca cresce quase 1.000 seguidores por dia? E que quase não perde nenhum? Se relacionam, conversam, interagem e agem. Pilares de uma boa ação de relacionamento seja nas Redes ou em um blog.

Tenho estudado a fundo algumas Fan Pages, algumas com milhares de acessos. Quem trabalha com marketing digital, sabe que nem apenas o conteúdo é o que atrai um grande número de pessoas as redes, os anúncios do Facebook tem sido importante para atrair fãs para as páginas, mas é o conteúdo que mantém esse usuário na página, por isso, defendo a sua enorme importância. Gerar conteúdo é uma forma de agradar o consumidor, uma vez que ele segue uma marca atrás disso, uma vez que ele entra no site atrás disso. Mas qual o erro dessas Fan Pages? Falam, falam e não ouvem. Postam algo, o consumidor responde e fica no “vácuo”. Cadê o relacionamento aqui?

O consumidor está cada vez mais atrás das marcas com as quais ele quer um relacionamento. Ele busca o site, a Fan Page, o Twitter. Ele vai atrás. É como se você montasse uma casa nova e seus amigos fossem visitar. Você trataria mal esses amigos? Então faça o mesmo com aqueles que entram nas suas redes ou na casa da sua marca.

Em Junho, darei meu curso de 12h de Planejamento Estratégico Digital na E-commerce School. Será a 5a turma em menos de 1 ano de curso. Grande sucesso. Corra, pois as vagas são limitadas! Clique aqui e saiba mais sobre o curso

Abraços
Felipe Morais
@plannerfelipe

1 Comentários:

Às 22 de junho de 2012 13:34 , Anonymous TECNISA SA disse...

Olá Felipe, muito obrigado por nos citar em seu post.

Aproveitando gostaria de deixar aqui o link para nossos desafios de crowdsourcing com os parceiros Zooppa Brasil e We Do Logos http://ow.ly/bLLNK. Espero que seja do seu interesse.

Estamos à disposição se você desejar mais informações.

Gerência de Redes Sociais TECNISA

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial