quarta-feira, 22 de abril de 2009

Anúncios em game dão certo!!!

Amigos.

Indo de encontro com o que publiquei na 5a feira (16 de abril) sobre a pesquisa Deloitte, onde mostra que a TV ainda é a rainha das mídias, mas que cada vez mais a Internet está sendo inserida no cotidiano das pessoas, logo, ela está sendo uma mídia altamente qualificada para ações de propaganda.

Na 6a feira, recebi um e-mail de Guilherme Loureiro, dono do blog InGame Ad.Diction que recentemente publicou uma matéria sobre a publicidade em Games, que elas realmente dão certo! Guilherme, além de dono do blog - e de ser um cara bem gente boa - é Coordenador de mídia online da Agência Click, a maior agência digital do país e fundador da rede social HHMonline - Happy Hour Mídia Online - a qual além de indicar para que meus leitores entrem, já comunico que dia 30 terá um evento para todos os profissionais do mercado. Em breve farei uma divulgação aqui.

Trocando e-mails com o Guilherme, disse a ele que por o assunto que ele publicou no blog ser altamente relevante para o planejamento e vai de encontro com o que eu escrevi na semana passada nesse blog, vou reproduzir na íntegra o assunto que ele abordou para meus leitores, afinal, o post dele além de relevante é bem recente também.

Olá Addicteds,

Mais uma notícia boa para nós publicitários fanáticos por games, infelizmente aqui no Brasil, os institutos de pesquisa não dão a mínima trela para a publicidade In Game, mas felizmente, os americanos e europeus sabem o quanto é importante.

Um estudo feito pela NeoEdge Networks, empresa de publicidade em games, nos trouxe à luz um fato extremamente interessante... Anúncios em vídeos nos jogos, surtem mais efeito que na TV! O público tende a lembrar mais de uma marca, principalmente de forma positiva, quando expostos a vídeos dentro dos games, do que na própria televisão.

Afinal, uma coisa é certa, na TV, desde que somos pequenos, somos doutrinados a mudar de canal, quando entra no comercial, é o famoso ZAPPING, só que mudamos procurando algo que nos agrade, até que chega a hora de voltar ao canal original e nem sempre sabemos se vamos encontrar ou não. No videogame ou no PC, não existe o ZAPPING e a mídia com certeza tem mais relevância do que os comerciais que vemos na TV, então provavelmente se estamos jogando um jogo violento, veremos o comercial de um filme violento, e por aí vai.

É claro que tal estudo não vai acabar com a hegemonia de uma Globo da vida, mas pode trazer os olhos dos anunciantes para esse tipo de publicidade.

Segundo a consultoria eMarketer, os anúncios dentro de videogames devem movimentar US$ 650 milhões em 2012 e outras consultoria apostam que o segmento pode faturar até US$ 1,8 bilhão em 2010.

No mundo, quem está muito bem com isso é o Google, que estendeu o seu programa de Links Patrocinados ao universo dos jogos de PC, principalmente os casual games.
E aqui no Brasil, a Atrativa nada de braçada, eles possuem já há muito tempo o formato de vídeos em jogos e por experiência própria, posso dizer aos anunciantes que da muito, mas muito certo!

É isso aí galera, acho que logo mais veremos uma nova profissão ou agências de publicidade, focadas em games, nascendo.

"Quer participar da festa de lançamento do meu livro: PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL, em MAIO? Faça como muitas pessoas, mande um e-mail para felipemorais2309@gmail.com e se cadastre. Enviarei um convite com maior prazer"

Abraços
Felipe Morais

Marcadores: , , , , , , ,

1 Comentários:

Às 22 de abril de 2009 06:24 , Anonymous Anônimo disse...

Valeu Felipe!

Seu blog é show, só não comento tanto, pq aqui na empresa é barrado os comentários, vai entender hehehe!

Abraços

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial